Tribunal declara Basescu vencedor das eleições na Romênia

Presidente se reelege após denúncias de fraudes nas urnas e ordem para verificação dos votos

estadao.com.br,

14 de dezembro de 2009 | 15h16

O Tribunal Constitucional da Romênia declarou nesta segunda-feira, 14, que o presidente Traian Basescu venceu as eleições do país após vencer Mircea Geoana por uma diferença de menos de um ponto percentual.

 

Geoana admitiu a derrota, aceitando a decisão do tribunal de respaldar as eleições do dia 6. "Aceito a decisão do Tribunal e desejo boa sorte a Traian Basescu", disse o candidato derrotado. "A suspeita de fraude nessas eleições perseguirão a Romênia e a democracia", concluiu.

 

Na última sexta-feira, o tribunal havia ordenado uma nova verificação dos votos nulos das eleições do país em meio a denúncias de "fraude massiva" por parte da oposição. Caso encontrasse irregularidades, a entidade poderia ordenar a realização de outro pleito.

 

Denúncia

 

Geona havia dito que seu partido, o Social Democrata, tinha provas de que houve manipulação de urnas, votos múltiplos e compra de votos e, por estes motivos, havia pedido que fosse realizada uma nova eleição. Geoana perdeu por uma margem de 70 mil votos do atual presidente, com 49,7% contra 50,3%. Cerca de 130 mil eleitores votaram nulo.

 

Basescu, negava que houvesse ocorrido qualquer tipo de fraude e disse que Geoana era um mal perdedor. Para ele, a primeira decisão de verificar os votos era "normal e democrática". "A medida atende o pedido de recontagem dos votos por parte dos socialdemocratas", disse.

 

(Com informações da Associated Press)

Tudo o que sabemos sobre:
RomêniaBasescuGeoana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.