Tribunal francês coloca Sarkozy sob investigação formal, diz fonte

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy foi colocado sob investigação formal por magistrados em Paris na manhã de quarta-feira (horário local) pela suspeita de tráfico de influência e outros crimes em conexão com vazamentos de detalhes de um inquérito sobre supostas irregularidades na sua campanha eleitoral, afirmou o gabinete da promotoria.

REUTERS

01 de julho de 2014 | 22h12

É a segunda vez que o ex-presidente, que foi derrotado pelo socialista François Hollande em 2012, foi colocado sob investigação judicial desde que perdeu sua imunidade legal após deixar o cargo. Sarkozy nega qualquer irregularidade.

Segundo a lei francesa, ser colocado sob investigação formal indica que existe "evidência séria e consistente" do provável envolvimento de um suspeito em um crime.

O caso diz respeito a suspeitas de que ele usou sua influência para obter informações sobre uma investigação sobre irregularidades de financiamento em sua vitoriosa campanha eleitoral de 2007.

(Reportagem de Alexandria Sage)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCASARKOZYINVESTIGACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.