Tropas britânicas devem deixar Afeganistão em 5 anos, diz premiê

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse nesta sexta-feira que gostaria de ver as tropas de seu país se retirando do Afeganistão dentro de cinco anos.

REUTERS

25 de junho de 2010 | 15h03

Perguntado se as tropas retornariam a tempo para a próxima eleição parlamentar, em 2015, Cameron disse: "Eu quero que isso aconteça, não tenha dúvidas sobre isso."

"Não podemos ficar lá por mais cinco anos, depois de já ter ficado nove anos", disse ele a jornalistas nos bastidores da cúpula do G20.

"Eu prefiro não ver isso em cronogramas definidos. Quero que possamos arregaçar as mangas e seguir adiante para realizar o que irá trazer o sucesso que queremos, que não é um Afeganistão perfeito, mas alguma estabilidade no Afeganistão e a habilidade para que os próprios afegãos possam governar seu país para que (os soldados britânicos) possam retornar", disse ele.

(Reportagem de Sumeet Desai)

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHACAMERONAFEGANISTAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.