Turcos aprovam reforma constitucional em plebiscito, diz governo

Primeiro-ministro disse que as emendas constitucionais foram aprovadas com 58% do voto favorável

Associated Press, AP

12 de setembro de 2010 | 15h42

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que os eleitores do país aprovaram mudanças na Constituição do país, num referendo que está sendo visto como um voto de confiança no governo.

 

Erdogan disse que as emendas constitucionais foram aprovadas com 58% do voto favorável.

 

O governo diz que as mudanças são fundamentais para levar a Turquia rumo a uma democracia plena, enquanto que a oposição alega que as reformas não acabar com a independência do Judiciário.

 

O referendo se converteu num campo de batalha entre o governo de inspiração islâmica e as elites tradicionais, que temem uma ameaça aos princípios do secularismo.

Tudo o que sabemos sobre:
Recep Tayyip ErdoganTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.