Turquia envia mais militares para a fronteira com a Síria

O governo turco enviou ao menos quatro comboios de veículos com tropas e mísseis para a fronteira com a Síria nesta segunda-feira, em meio à preocupação crescente na Turquia sobre a segurança na fronteira sul, afirmaram testemunhas e noticiosos locais.

UMIT BEKTAS, Reuters

30 de julho de 2012 | 16h09

Essa foi a mais recente de uma série de movimentações na região nas últimas semanas. Não há indicação de que as forças turcas cruzarão a fronteira e o movimento de tropas pode ser apenas de precaução em face da violência crescente na Síria.

Dois comboios distintos de cerca de 30 veículos deixaram uma base na província de Gaziantep para se dirigir a Kilis, no sul. Agora eles estavam estacionados ao longo de uma parte da fronteira com a Síria, afirmaram testemunhas.

"Isso é parte de um exercício de treinamento", afirmou um oficial do alto escalão em um segundo comboio de nove veículos, com tanques e outros veículos militares.

Um segundo oficial do mesmo comboio disse que as tropas permanecerão no lado turco da fronteira.

A agência estatal de notícias Anatolian informou que munição e veículos militares foram levados de trem do porto mediterrâneo de Iskenderun para a cidade de Islahiye, em Gaziantep.

Mais conteúdo sobre:
TURQUIASIRIAFRONTEIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.