Turquia precisa trabalhar para se juntar à UE--presidente eleito

A Turquia precisa trabalhar duramente emreformas com o objetivo de se juntar à União Européia, disse naterça-feira o recém-eleito presidente do país, Abdullah Gul,durante a cerimônia de seu juramento. "É imperativo para nosso país que nós realizemos asreformas política e econômica para caminharmos em direção asermos membros da UE", disse Gul, acrescentando que a Turquiapode tomar sua própria decisão sobre ser membro do bloco nofuturo. Gul, que foi ministro das Relações Exteriores quando elepreparou a proposta turca para a UE, foi eleito presidente naterça-feira, na terceira rodada de votação no Parlamento,encerrando meses de incerteza sobre quem seria o próximopresidente do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.