Turquia suspende comércio com Israel no setor de defesa

Após rebeixar relações diplomáticas com israelenses, premiê turco anuncia novas sanções

REUTERS

06 Setembro 2011 | 07h31

ANCARA - O primeiro-ministro turco, Tayyip Erdogan, disse nesta terça-feira, 6, que a Turquia estava "suspendendo totalmente" os laços na indústria de defesa com Israel, depois de rebaixar as relações diplomáticas com o Estado judaico.

O premiê também afirmou que a Turquia iria implementar novas sanções contra Israel e disse que os navios turcos "serão vistos com mais frequência naquelas águas", referindo-se ao leste do Mediterrâneo.

"Laços comerciais, militares e referentes à indústria da defesa, estamos suspendendo completamente. Este processo será seguido por diferentes medidas", disse Erdogan a jornalistas em Ancara, capital da Turquia.

Erdogan afirmou que poderia visitar a Faixa de Gaza e a decisão sobre a viagem seria tomada após negociações com o Egito. Ele pretende ir ao Cairo ainda neste mês.

Mais conteúdo sobre:
TURQUIA ISRAEL DEFESA SUSPENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.