Ucrânia adia audiências do recurso de ex-premiê Tymoshenko

Um tribunal ucraniano adiou nesta terça-feira as audiências relativas ao recurso da ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko contra sua condenação do ano passado por abuso de poder, veredicto visto por muitos governos ocidentais como politicamente motivado.

REUTERS

15 Maio 2012 | 09h17

A Ucrânia está sendo isolada por outros governos devido ao processo contra a ex-premiê, que foi condenada a sete anos de prisão e foi internada num hospital nesta semana devido a dores crônicas nas costas.

Acordos de associação e livre comércio com o país foram suspensos, e vários líderes europeus cogitam boicotar a Eurocopa (torneio continental de seleções de futebol), que será realizada em junho e julho no país e na Polônia.

A pedido da promotoria, que solicitou um prazo maior para estudar o processo e dar tempo para que a ré tenha alta hospitalar, a audiência foi remarcada para 26 de junho, a menos de uma semana da final da Euro 2012, em Kiev. Originalmente, a sessão estava prevista para terça-feira.

(Reportagem de Olzhas Auyezov e Pavel Polityuk)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIA TYMOSHENKO ADIAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.