Ucrânia precisa mudar estratégia após eleição rebelde, diz presidente

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, convocou uma reunião com seus principais chefes de segurança na terça-feira a fim de discutir a mudança de estratégia para lidar com o desafio separatista no leste do país após a eleição rebelde no fim de semana que denunciou como "farsa eleitoral".

REUTERS

03 de novembro de 2014 | 19h30

Poroshenko disse que irá se reunir com o Conselho de Segurança da Ucrânia na terça-feira, já que "ajustes" são necessários no plano de ação para lidar com a crise no leste.

Ele repetiu que a eleição de domingo foi uma "violação flagrante" de um acordo alcançado na capital bielorrussa, Minsk, no início de setembro, com o objetivo de solucionar o impasse separatista.

(Reportagem de Alessandra Prentice)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAPRESIDENTEREUNIAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.