Ucrânia teme que militantes provoquem invasão russa

A Ucrânia pediu à Rússia nesta quarta-feira que retire as tropas da fronteira entre os dois países, alegando temer que separatistas pró-Rússia possam usar a proximidade delas para provocar uma invasão russa.

Reuters

23 de abril de 2014 | 15h53

"A Ucrânia mais uma vez pede à Rússia que remova imediatamente as unidades ofensivas das Forças Armadas russas da fronteira russo-ucraniana", disse o Ministério das Relações Exteriores em comunicado, acrescentando que uma retirada está de acordo com as obrigações de Moscou sob um acordo firmado em Genebra na semana passada para amenizar a crise.

"Há o perigo de que militantes pró-Rússia armados nesta parte da Ucrânia usem a presença de tropas russas perto da fronteira para provocar a entrada delas no território ucraniano."

O ministério acrescentou que as tropas ucranianas no leste do país estão na região "exclusivamente para proteger cidadãos, independente de sua etnia". A preparação das tropas do país para o combate é uma resposta legítima às ameaças de autoridades russas de uso da força e agressão à integridade territorial ucraniana.

(Reportagem de Pavel Polityuk e Alastair Macdonald)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAMEDOINVASAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.