UE ameaça adotar medidas contra a França por expulsão de ciganos

A União Europeia poderá tomar medidas legais contra a França pela forma com que o país conduziu a expulsão de ciganos, disse a comissária de Justiça da UE nesta terça-feira, apontando o comportamento da França como uma desgraça.

REUTERS

14 de setembro de 2010 | 10h33

A comissária Viviane Reding afirmou que a França não foi sincera sobre suas negociações com as autoridades da UE sobre a retirada de milhares de ciganos do país e disse acreditar que deveriam ser iniciados processos contra o governo francês dentro de semanas.

"Minha paciência está se esgotando. Já é o bastante", disse Reding a jornalistas em uma coletiva de imprensa em Bruxelas, levantando a voz e batendo no pódio com frustração, enquanto falava.

"Nenhum Estado-membro pode esperar receber tratamento especial quando os valores fundamentais das leis europeias estão em jogo.

"Eu estou convencida, pessoalmente, de que a Comissão não terá escolha senão iniciar procedimentos sobre infrações contra a França", disse ela, dizendo que a Comissão Europeia, órgão executivo da UE, discutiria assim que possível como proceder nesse caso.

Em uma dura e incomum crítica contra um país membro da UE, Reding disse que o governo francês havia infringido as leis da União Europeia sobre o livre trânsito de pessoas ao enviar cerca de 8 mil imigrantes de volta à Romênia e à Bulgária neste ano. A medida teria sido parte de uma repressão contra o crime do presidente Nicolas Sarkozy.

Grupos de direitos humanos, alguns ministros do governo Sarkozy e a Igreja Católica condenaram amplamente as expulsões, dizendo serem parte dos esforços de Sarkozy para aumentar sua decrescente popularidade em um período de cortes orçamentários.

(Reportagem de Justyna Pawlak e David Brunnstrom)

Tudo o que sabemos sobre:
UEFRANCACIGANOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.