União Europeia diz que não irá reconhecer referendo no leste da Ucrânia

A União Europeia afirmou que não irá reconhecer o resultado do referendo deste domingo em uma área no leste da Ucrânia dominada por rebeldes pró-Moscou que buscam independência, e chamou a votação de ilegal.

Reuters

11 Maio 2014 | 15h31

"O chamado referendo em... partes das regiões de Luhansk e Donetsk é ilegal e nós não reconhecemos seu resultado. Os seus organizadores não têm legitimidade democrática", disse Maja Kocijancic, porta-voz da chefe de política externa da UE, Catherine Ashton, em um comentário por email à Reuters.

Ela disse que a realização do referendo vai contra os objetivos do acordo alcançado entre Ucrânia, Rússia, UE e Estados Unidos no mês passado, com objetivo de debelar a crise na Ucrânia.

(Por Adrian Croft)

Mais conteúdo sobre:
UE UCRANIA REFERENDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.