União Européia oferece ajuda financeira ao Chile

 A União Europeia disse que vai disponibilizar 3 milhões de euros em ajuda para apoiar o Chile, onde o terremoto de sábado matou centenas de pessoas e deixou milhares desabrigadas.

AP,

28 de fevereiro de 2010 | 04h48

 

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, disse que está "profundamente abalado" por causa da magnitude da devastação, que começa a ficar evidente. Barroso acrescentou ainda que a Europa está pronta para ajudar as autoridades chilenas a lidar com o desastres sem importar os custos.

Tudo o que sabemos sobre:
União EuropéiaterremotoChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.