Vasily Fedosenko/Reuters
Vasily Fedosenko/Reuters

União Europeia suspende trabalhos com Ucrânia sobre acordo comercial

Presidente ucraniano não assinou acordo para favorecer laços mais estreitos com Moscou

Adrian Croft, Reuters

15 de dezembro de 2013 | 11h22

A União Europeia disse neste domingo que suspendeu novos trabalhos com a Ucrânia sobre um acordo ambicioso de cooperação e comércio porque o governo em Kiev não conseguiu dar um compromisso claro sobre a assinatura do acordo.

O diretor da UE, Stefan Fuele, disse no Twitter que as palavras e ações do presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, e seu governo sobre o pacto proposto estavam "cada vez mais distantes. Os argumentos deles não tem embasamento na realidade".

Fuele disse que tinha dito ao vice-premiê da Ucrânia, Serhiy Arbuzov, em Bruxelas na quinta-feira, que uma discussão mais aprofundada sobre o acordo de comércio dependia de um compromisso claro de Kiev a assiná-lo, mas que ele não tinha recebido nenhuma resposta. Como resultado, os trabalhos sobre o acordo estavam "em espera", disse.

Esperava-se que Kiev assinasse o acordo em um encontro no mês passado, mas Yanukovich virou as costas no último minuto, em favor de laços mais estreitos com Moscou, levando a protestos em massa em Kiev.

A UE manteve a sua oferta sobre a mesa e Arbuzov disse em Bruxelas na quinta-feira que a Ucrânia iria assinar o pacto em breve, mas Bruxelas contesta as afirmações de Kiev de que precisa de 20 bilhões de ajuda da UE para compensar o custo de adaptação ao acordo.

Tudo o que sabemos sobre:
União EuropeiaUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.