Urso Knut será lembrado com estátua de bronze no zoo de Berlim

O urso polar Knut, que ficou famoso quando bebê e entristeceu seus fãs do mundo todo ao morrer prematuramente, em março, será imortalizado em bronze por um escultor ucraniano, informou o Zoológico de Berlim, lar do animal, nesta terça-feira.

ALICE BAGHDJIAN, REUTERS

17 de janeiro de 2012 | 17h36

"Knut, o Sonhador", de autoria de Josef Tabachnyk, derrotou mais de outros 40 concorrentes no concurso convocado pelo zoo.

Knut foi rejeitado pela mãe quando recém-nascido, e por isso foi criado pelos tratadores do zoo. O bichinho branco e fofo logo passou a atrair milhares de visitantes para vê-lo brincar. Com o passar do tempo, o encanto diminuiu, mas ele continuou sendo popular até morrer, aos 4 anos de idade, vítima de um ataque epilético.

Bernhard Blaszkiewitz, diretor do Zoo de Berlim e membro do júri, disse que a proposta de Tabachnyk foi "algo bastante diferente e muito naturalista".

O monumento custará 15 mil euros (19,1 mil dólares), bancado por doações. Ele mostrará Knut ainda filhote, espreguiçando-se sobre uma pedra. "Ele está sonhando em como conquistar os corações das pessoas com seu charme", disse Tabachnyk.

O Zoo de Berlim já tem monumentos em homenagem a dois antigos astros: o gorila Bobby e o hipopótamo Knautschke.

(Reportagem de Alice Baghdjian)

Tudo o que sabemos sobre:
ALEMANHAKNUTESTATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.