Vaticano pede moderação em Kosovo e na Sérvia

O Vaticano pediu "prudênciae moderação" em Kosovo e na Sérvia após a província terdeclarado independência neste domingo. A Santa Sé requisitou que políticos da região mostrem "umcompromisso concreto e decisivo de impedir reações extremistase violência", afirmou o porta-voz do Vaticano, FedericoLombardi, em um comunicado. O respeito a todas as minorias étnicas, religiosas elinguísticas em Kosovo deve ser garantido e a herança artísticae cultural cristã deve ser protegida, segundo o Vaticano. Osalbaneses representam 90 por cento da população de Kosovo. "O Santo Padre continua a olhar com afeto para as pessoasde Kosovo e da Sérvia, está próximo delas e reza por estemomento crucial da história", acrescentou o comunicado. Mais cedo no domingo, Kosovo declarou independência daSérvia. Os sérvios alertaram que não reconhecerão aindependência da província. (Por Silvia Aloisi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.