Vítimas de chuvas na Inglaterra vêem caos ao voltar para casa

Estima-se que 350 mil pessoas estejam enfrentando problemas de falta d'água e de eletricidade

Avril Ormsby, Reuters

24 Julho 2007 | 12h25

Quando a estudante Sophie Pittaway, retirada de casa devido a uma enchente, regressou a seu lar nesta terça-feira, 24, viu uma geladeira boiando na cozinha, cadeiras nadando na sala de estar e a privada quase submersa.     Veja Também Enchentes são as piores já vistas, diz técnico "Foi horrível quando atravessei aquela porta de novo", contou. "Havia um monte de lagartixas pela casa. Eu fiquei paralisada. Não sabia o que fazer."Para centenas de pessoas da cidade medieval de Gloucester (oeste da Inglaterra), cujas casas foram inundadas, tudo o que resta a fazer é esperar.Essas pessoas estão entre as maiores vítimas das enchentes responsáveis por deixar debaixo d'água regiões do centro e do oeste da Inglaterra em meio a chuvas torrenciais. Centenas de milhares de ingleses tiveram de abandonar suas casas, e os danos já somam centenas de milhões de libras.Estima-se que 350 mil pessoas também estejam enfrentando problemas de falta d'água e, em alguns casos, de falta de eletricidade depois das chuvas terem inundado uma estação de tratamento.Garrafas de água estão sendo distribuídas nas áreas afetadas e caminhões entregam carregamentos de água. Mas poucos moradores das regiões alagadas foram atendidos por enquanto, contaram.Algumas das lojas afetadas apresentam prateleiras vazias depois de moradores terem embarcado em um frenesi de compras.A polícia passou a montar guarda na entrada dos maiores supermercados. Outras lojas viram-se obrigadas a jogar fora alimentos estragados devido ao corte no fornecimento de energia elétrica.Os moradores de áreas que podem ficar até duas semanas sem água estão usando fraldas descartáveis e água engarrafada para se lavarem.

Mais conteúdo sobre:
mundoReino Unidoenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.