007 na mira dos traficantes colombianos

O ator irlandês Pierce Brosnan nunca fugiu da briga ao encarnar o agente secreto britânico James Bond no cinema. Fora das telas, porém, Brosnan pede socorro. Ameaçado de ser seqüestrado por chefões colombianos do tráfico de drogas, durante as filmagens de The Tailor of Panama (ele e a equipe passaram seis semanas no próprio Panamá e outros países da América Central), o Bond do cinema exigiu proteção 24 horas por dia. E a produção trouxe ex-agentes secretos - não ingleses, mas do israelense Mossad. Fosse nos hotéis, locações, estúdios ou aonde quer que fossem, o galã e a equipe foram acompanhados sempre de perto pelos parrudos seguranças. Os israelenses se espalhavam pelos sets de filmagem e seus arredores, de onde monitoravam a situação dia e noite.Leia Mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.