10 milhões de vítimas de guerra precisam de ajuda, diz ONU

Pelo menos 10 milhões de pessoas, civis em meio a 20 guerras ao redor do mundo, precisam desesperadamente de comida, abrigo e atendimento médico, pois agências humanitárias não conseguem chegar até elas, disse o chefe de trabalhos humanitários das Nações Unidas. O subsecretário-geral Jan Egeland declarou que as agências da ONU e outras organizações enfrentam obstáculos sérios ou são impedidas de levar ?meios básicos de sobrevivência? a civis afetados pela guerra do Sudão ao Afeganistão, do Cáucaso aos territórios palestinos.?É uma combinação de governos negando acesso, grupos armados negando segurança e até a falta de dinheiro impedindo-nos de chegar a essas pessoas?, disse ele. Egeland fez essas declarações numa reunião aberta do Conselho de Segurança sobre a proteção de civis em meio a conflitos armados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.