100 mil deixam Hainan após novas chuvas

No começo do mês, ilha chinesa sofreu com as piores tempestades desde 1961

Efe

18 de outubro de 2010 | 03h16

PEQUIM - Mais de cem mil pessoas foram evacuadas por uma nova onda de chuvas torrenciais que castigou a ilha tropical de Hainan, o território mais ao sul da China, informou nesta segunda-feira, 18, o jornal Xin Beijing.

Segundo Sun Wei, subdiretor do Departamento de Ajuda por Desastres e Serviços Públicos do Birô Meteorológico Provincial, "as inundações foram registradas em mais de 200 aldeias".

As tempestades se somam aos desastres causados pelas inundações que afetaram Hainan no começo deste mês quando a ilha sofreu com suas piores chuvas desde 1961.

Hainan é conhecida na região por seu litoral e pelos planos estatais do regime comunista de transformá-la em um centro turístico de porte internacional.

Wang Zhenxing, subdiretor do escritório provincial de controle de inundações e ajuda para a seca disse que "muitos rios locais têm níveis de água superiores a suas marcas de advertência".

Tudo o que sabemos sobre:
China, tempestades, chuva, Hainan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.