150 soldados franceses desembarcam no Líbano

Um total de 150 soldados franceses desembarcou nesta sexta-feira no porto da Força Interina da ONU para o Líbano (Finul) na cidade de Naqura, no sul do país, informou um porta-voz da ONU. Os soldados franceses, membros da Brigada de Engenharia, se unirão aos 50 que chegaram há uma semana e se encarregarão de desativar as milhares de bombas de fragmentação abandonadas no suldo país.A França comandará a Força Interina da ONUpara o Líbano (Finul) pelo menos até fevereiro de 2007, quando a organização internacional vai decidir quem assumirá o trabalho, afirmou o ministro de Relações Exteriores da França, Philippe Douste-Blazy. "Teremos o comando até o mês de fevereiro de 2007. Depois, as Nações Unidas vão decidir quem continua o trabalho", afirmou o chefe da diplomacia francesa. Paris enviará mais 1.600 soldados à região para contribuir com o reforço da Finul ordenado pela resolução 1.701 da ONU, segundo opresidente francês, Jacques Chirac. Douste-Blazy negou que tenha havido uma disputa com a Itália pelo comando da força e garantiu que os dois países "trabalham lado a lado" desde o início da crise. Horas antes da reunião dos chefes da diplomacia dos países da União Européia com o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, o ministrofrancês pediu a seus colegas que anunciem o número de soldados que estão dispostos a enviar. "Nós teremos 2 mil, é um esforço significativo. Espero agora que nossos parceiros europeus digam quantos vão levar", disse Douste-Blazy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.