18 candidatos concorrerão à presidência do Afeganistão

Dezoito afegãos participarão da primeira eleição presidencial da história do país, anunciaram autoridades locais, preparando o terreno para a realização de um pleito ameaçado pela violência. O tribunal eleitoral afegão informou ainda que foram aprovadas as candidaturas de alguns poderosos senhores da guerra - líderes de bandos armados - que dominam partes do Afeganistão.Vinte e três candidatos apresentaram inicialmente intenção de participar do pleito - a primeira votação em escala nacional desde a queda do regime fundamentalista islâmico Taleban, no fim de 2001. Zakim Shah, diretor da comissão eleitoral conjunta composta por funcionários afegãos e agentes da ONU, disse que cinco candidatos menos conhecidos foram retirados ou proibidos de concorrer por possuírem dupla cidadania.Durante cerimônia em um estúdio de televisão em Cabul, Shah disse que os outros 18 candidatos tiveram a candidatura aprovada e a posição dos concorrentes na cédula já foi definida. O atual presidente do Afeganistão, Hamid Karzai - favorito na votação -, será o segundo nome na cédula. Ele assumiu a presidência do país em 2002, indicado pelos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.