19 mortos em 3 atentados suicidas no Afeganistão

Três atentados suicidas provocaram a morte de pelo menos 19 pessoas no Afeganistão nesta segunda-feira (18), inclusive quatro soldados canadenses em um ataque que colocou em xeque a alegação de comandantes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de que uma operação militar no sul do país teria sido concluída com "sucesso" no fim de semana.No pior ataque do dia, 11 pessoas morreram e 18 ficaram feridas quando um militante islâmico suicidou-se a bordo de uma motocicleta-bomba provocou uma explosão em Herat, no oeste do país, informaram autoridades locais. O alvo do ataque seria um subcomandante de polícia que ficou ferido no episódio.Em um mercado na zona leste de Cabul, a capital afegã, a ação de um militante suicida provocou a morte de quatro policiais e deixou cinco pessoas feridas, informou a polícia local.No sul do país, um militante suicida atacou soldados canadenses, provocando a morte de pelo menos quatro militares, informou o Exército do Canadá. Dezenas de pessoas ficaram feridas.O ataque ocorreu em Kafir Band, uma aldeia situada na província afegã de Kandahar, onde forças da Otan promoveram uma ofensiva de duas semanas contra supostos membros da milícia fundamentalista islâmica Taleban que terminou ontem.Karen Johnstone, uma porta-voz do Exército canadense em Ottawa, informou que os quatro soldados estrangeiros mortos no ataque suicida de hoje eram canadenses.Alvos da bicicleta De acordo com oficiais da Otan e testemunhas, o militante suicida usou uma bicicleta para atacar os soldados. O Taleban reivindicou a autoria da ação.O homem-bomba atacou um grupo de dezenas de soldados da Otan que participava de uma patrulha em Kafir Band. Pedaços de corpos foram encontrados no alto de árvores e poças de sangue tomaram conta de uma rua empoeirada."De 50 a 60 soldados patrulhavam a principal rua da cidade quando um homem veio numa bicicleta, parou e provocou uma explosão perto das tropas", relatou Fazel Mohammed, um fazendeiro de 50 anos que mora a 20 metros do local da explosão.De acordo com a Otan, pelo menos 27 civis afegãos ficaram feridos, inclusive diversas crianças. Soldados da Otan também ficaram feridos, mas a aliança atlântica não informou quantos.Sob condição de anonimato, um funcionário do governo local comentou que o militante suicida atacou soldados canadenses que distribuíam doces para crianças.Mas Mohammed e um outro morador contestaram a versão e comentaram que poucas crianças estavam perto dos soldados no momento da explosão. Segundo eles, os soldados realizavam uma patrulha pela cidade.Kafir Band situa-se em Panjawyi, o distrito de Kandahar mais afetado pela operação militar aliada encerrada ontem e qualificada como um "sucesso" pela aliança atlântica.A Otan alega ter conseguido deslocar rebeldes escondidos na região. Mais de 500 supostos insurgentes morreram durante as duas semanas de operação militar.A maior parte da violência que aflige o Afeganistão desde maio concentra-se no sul do país, onde milhares de soldados da Otan atuam para conter os rebeldes.Em Helmand, uma província vizinha de Kandahar, 13 supostos membros do Taleban morreram e quatro ficaram feridos morreram em choques com a polícia ocorridos ontem, disse Ghulam Nabil Malakheil, comandante da polícia local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.