19 mortos em incêndio em centro psiquiátrico na Itália

Dezenove pessoas, 11 homens e oito mulheres, todas com problemas psiquiátricos e de locomoção, morreram esta madrugada em consequência de um incêndio no instituto de reabilitação onde estavam internados no sul da Itália.Outros novos pacientes - três mulheres e seis homens - foram salvos pelos enfermeiros e internados num hospital da região da cidade de Murgia, na província de Salerno.O incêndio, causado provavelmente por um curto-circuito ou por uma estufa elétrica, ocorreu à uma da manhã nos módulos pré-fabricados doados pela França ao município depois do terremoto de 1980 que devastou a região.Estavam internadas no centro de reabilitação 29 pessoas com problemas psiquiátricos graves de 30 a 60 anos, que eram assistidas por três enfermeiros.Enquanto os enfermeiros conseguiam salvar os nove pacientes, os demais morriam carbonizados. Outro enfermo se salvou por ter tido permissão de passar o fim de semana com a família.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.