2 ingleses sobrevivem a queda de helicóptero perto da Antártida

Marinheiros chilenos resgataram nesta segunda-feira dois tripulantes britânicos de um helicóptero que caiu no mar ao sul do Cabo de Hornos quando estes se dirigiam à Antártida a bordo da frágil aeronave, informaram fontes navais. O aparelho caiu no mar a cerca de 880 km do Cabo Hornos e a 166 km da Baía Chile. Uma funcionária da Terceira Zona Naval, baseada na cidade austral de Punta Arenas, a 3.000 km de Santiago, informoupor telefone à Associated Press que os dois civis ingleses,identificados com Stevem Brooks e Qentin Smith, se encontram em boas condições de saúde e estão sendo transportados para a base antártica chilena de Presidente Eduardo Frei. Só um delesapresentou um princípio de hipotermia, mas se recuperou emseguida. Helicópteros do navio quebra-gelo Aomirante Viel, apoiados por um avião da Força Aérea, resgataram os ingleses por volta das 7h00 (hora local) desta manhã. Ambos conseguiram sobreviver às águas geladas por terem um bote salva-vidas, uma mochila e um telefone por satélite ? o que lhes permitiu enviar uma mensagem ao navio quebra-gelo. O avião que tripulavam, um monomotor tipo Robinson 44,se precipitou ao mar às 22h30 de domingo quando seguia de Puerto Willilams para a base antártica chilena de Eduardo Frei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.