2ª norte-americana com ebola chama-se Amber Joy Vinson

2ª norte-americana com ebola chama-se Amber Joy Vinson

Antes de apresentar os sintomas, Amber pegou um avião com outras 132 pessoas, que estão sendo procuradas para realização de exames.

O Estado de S. Paulo

15 de outubro de 2014 | 15h48

A segunda enfermeira norte-americana diagnosticada com ebola chama-se Amber Joy Vinson. Ela, assim como a primeira, Nina Pham, fazia parte da equipe médica responsável pelo tratamento de Eric Duncan, o primeiro a ser tratado com ebola nos Estados Unidos. Ele era liberiano e contraiu a doença quando estava no seu país de origem. Sua morte foi confirmada na quarta-feira passada.

Na segunda-feira, um dia antes de começar a apresentar os sintomas de ebola, Amber estava em um voo que saiu de Cleveland para Dallas, da companhia aérea Frontier Airlines. Com ela estavam mais 132 pessoas, que estão sendo procuradas pelas autoridades de saúde para a realização de exames.

Dias antes de tomar este voo, Amber também passou por Ohio, onde visitou familiares, segundo informações da Conselho de Saúde Pública da região. Lá também há um esforço para encontrar pessoas que possam ter tido algum tipo de contato com a enfermeira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAebolanovo casoenfermeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.