200 mil fogem de ação militar no Paquistão

ONU

, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2010 | 00h00

A ONU anunciou ontem que mais de 200 mil pessoas fugiram de uma recente ofensiva militar contra o Taleban no noroeste do Paquistão. Os militares intensificaram as operações na região tribal de Orakzai nas últimas semanas, com constantes ataques aéreos e algumas ofensivas por terra. Funcionários paquistaneses afirmam que mais de 300 supostos insurgentes foram mortos desde meados de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.