22 membros de uma família são mortos por clã rival

Vinte e dois membros de uma mesma família morreram hoje metralhados num ato de vingança praticado por um clã rival em Gerga, a 500 quilômetros do Cairo. As vítimas foram atacadas no momento em que saíam de um tribunal. Os autores do crime fugiram. A polícia informou que os agressores pertencem à família Abdel Halim e as vítimas à Khashashba. Outros três membros da família atacada ficaram gravemente feridos. De acordo com a polícia, os Abdel Halim queriam vingar a morte de um parente assassinado em abril por dois membros da família rival.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.