26 tripulantes do pesqueiro foram resgatados

Vinte e seis pessoas foram retiradas das águas no resgate dos tripulantes do pesqueiro Ehime Maru, que afundou na noite de ontem no litoral do Havaí com 35 pessoas a bordo após ter sido abalroado pelo submarino USS Greeneville. O trabalho foi imediato e envolveu lanchas e helicópteros da marinha norte-americana. Das 26 pessoas salvas, 13 sofreram ferimentos leves e 12 saíram ilesas. O estado de uma delas é desconhecido. Nenhum dos sobreviventes vestia colete salva-vidas. Mas um deles disse que, com o impacto, seis balsas de borracha inflaram-se automaticamente.Gabe Sage, técnico em aviação resgatado por um helicóptero da Guarda Costeira, disse que a maioria dos sobreviventes foi atingida no rosto por grande quantidade de óleo diesel. "Isso provocou um grande ardor nos olhos", acrescentou.Segundo técnicos da Marinha norte-americana, o tanque de combustível da embarcação japonesa pode ter sido atingido e destruído. Outro sobrevivente disse que tudo ocorreu muito rapidamente. "De repente, todos estávamos no mar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.