REUTERS
REUTERS

3 morrem e 60 ficam feridos em colisão de trens na China

Ministro dos Transportes viajou até Chenzhou, local do acidente, para acompanhar operação de resgate

Associated Press

29 de junho de 2009 | 04h43

Dois trens de passageiros colidiram nesta segunda-feira, 29, em um acidente que matou três pessoas e feriu em acréscimo outras 60, e também causou prejuízos a carros e casas próximas ao local do acidente, disseram a mídia chinesa e um oficial.

 

Veja também:

link Em Washington foram nove mortos na semana passada

 

Uma pré-colisão ocorreu na província de Hunan quando um trem ia da capital da província de Changsha para a cidade de Shenzhen e se chocou com outro de Shenzhen, disse a televisão estatal.

 

A Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês) mostrou um amontoado de vermelho, branco e azul dos vagões perto da estação de Chenzhou, onde a colisão ocorreu.

 

Duas pessoas morreram na batida, e outra em consequência dela.

Trabalhadores foram encarregados de limpar a área dos restos dos trens e das casas da vizinha, além de reparar as linhas, disse a CCTV.

 

Um oficial do ministério dos transportes, sob a condição de anonimato, disse que a causa do acidente está sendo investigada.

 

A agência Xinhua reportou que o ministro viajou até Chenzhou para acompanhar as operações de resgate.

Ano passado, 72 pessoas foram mortas e centenas ficaram feridas quando um trem em alta velocidade pulou dos trilhos e se defrontou com outro na província de Shandong.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacolisãotrens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.