300 mil pessoas voltam às ruas contra governo

Cerca de 300 mil israelenses voltaram às ruas ontem para protestar contra o alto custo de vida no país. Em Tel-Aviv, os protestos reuniram 190 mil pessoas e, em Jerusalém, 20 mil. Mais 70 milse reuniram em outras cidades. Eles pedem justiça social e alegam que o Parlamento ignorou seus pedidos. Os protestos foram inspirados pela onda de revolta que abalou o mundo árabe. Entre as palavras de ordem, os israelenses diziam a Netanyahu: "Demita-se, o Egito é aqui". Foi a terceira passeata em três semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.