300 morrem carbonizados em supermecado no Paraguai

Mais de 300 pessoas morreram carbonizadas em um incêndio em supermercado na periferia da capital paraguaia. O chefe da polícia Aristides Cabral disse a jornalistas: "com proteção contra o fogo, entrei no supermercado Ycuá Bolaños até onde pude e creio que há mais de 300 mortos".Cabral disse que "provavelmente irão me criticar por dar este número mas o supermercado estava cheio de gente ao meio-dia (deste domingo) quando houve uma explosão no interior, gerando o incêndio, devido ao calor cedeu a plataforma que sustentava o subsolo, levando junto dezenas de pessoas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.