41 mortos em choques no norte do Iraque

Pelo menos 41 pessoas morreram em confrontos entre milicianos e policiais em Mossul, no norte do Iraque, ao passo que sunitas armados assumiram o controle de uma cidade na região central do país, informaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

25 de abril de 2013 | 14h25

Os novos incidentes levaram o primeiro-ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, a pedir calma à população depois de episódios de violência envolvendo forças de segurança terem resultado na morte de mais de 150 pessoas nos últimos três dias.

Fontes policiais disseram que os confrontos em Mossul resultaram na morte de 31 milicianos e dez policiais. Os choque começaram na noite de ontem e se estenderam até o fim da manhã de hoje.

Enquanto isso, homens armados capturaram a delegacia e outros prédios governamentais de Suleiman Bag, 150 quilômetros ao norte de Bagdá. De acordo com o Ministério da Defesa, sunitas armados também controlavam as ruas da cidade. Não havia informações sobre vítimas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.