51 rebeldes hutus são mortos em Burundi

Cinqüenta e um rebeldes hutus morreram em confrontos no Burundi quando tentavam entrar naRepública Democrática do Congo (RDC, ex-Zaire), informou neste domingo um porta-voz militar.Os choques ocorreram neste sábado em Zina, 65 quilômetros ao norte da capital, Bujumbura. O grupo rebelde tinha entre 200 e 300 homens quandoatravessou a fronteira, disse a mesma fonte, segundo a qual 51 deles morreram. As forças militares de Burundi não sofreram baixas.Em Bujumbura, dois soldados e 10 civis morreram num ataque noturno em um bairro do noroeste da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.