54% de vítimas de violência doméstica sofrem após divórcio

Um total de 54,7% das vítimas de violência doméstica no Japão voltam a sofrer assédio de seus ex-companheiros após a separação, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo governo japonês.O assédio acontece em forma de ligações telefônicas, mensagens de e-mail e cartas, em 62,3% dos casos.Outras 54,3% assinalaram que seus ex-maridos foram às casas de seus amigos ou pais, enquanto 36,6% o fizeram nas casas das vítimas ou em seus locais de trabalhos.A pesquisa foi realizada entre outubro e novembro do ano passado, sobre uma amostra total de 799 japoneses, dos quais 98,2% eram mulheres.Mais de 50% das ouvidas disseram que, após a separação, vivem problemas físicos e mentais, além de ter de enfrentar sozinhas suas necessidades financeiras e as de seus filhos.Segundo os dados da Agência Nacional de Polícia do Japão, em 2005aconteceram 16.888 casos de violência doméstica no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.