550 imigrantes que tentavam entrar na Espanha morrem afogados

Nas últimas 36 horas um número recorde de imigrantes africanos, 1.200 pessoas, chegaram às Ilhas Canárias vindas da Mauritânia. Eles saíram do país africano e chegaram em oito botes, segundo informações do jornal britânico The Guardian.Em 2006, a polícia espanhola impediu a entrada de 20 mil imigrantes. Salva-vidas informaram que cerca de 550 pessoas que tentavam entrar no país afogaram-se no trajeto. No total, 674 chegaram no sábado e 522 no domingo.Paulino Rivero, funcionário do governo das Ilhas Canárias, afirmou, que o fato é "uma catástrofe humanitária de primeiro grau", segundo noticiado no jornal espanhol El País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.