REUTERS/Navesh Chitrakar
REUTERS/Navesh Chitrakar

8 milhões de pessoas foram afetadas pelo terremoto no Nepal, segundo a ONU

Estimativa é de que quase um terço do país foi atingido; há pelo menos 4,3 mil mortos e 7,9 mil feridos

Jamil Chade, Correspondente / Genebra, O Estado de S. Paulo

28 de abril de 2015 | 06h15

(ATUALIZADA ÀS 9h) GENEBRA - 8 milhões de pessoas foram afetadas pelo terremoto do fim de semana no Nepal, que deixou mais de 4,3 mil mortos. Entre os afetados, 2 milhões de pessoas estariam nas onze províncias que mais sofreram com os abalos. Os dados foram apresentados pela ONU na manhã desta terça-feira, 28, em Genebra, apontando que o impacto do desastre natural pode ser bem maior que o que se temia.

No total, mais de 1,4 milhão de pessoas precisarão ser alimentadas no país, num processo que pode ter de ser mantido por meses. Destas pessoas, 750 mil vivem nas proximidades do epicentro do terremoto e em casas " frágeis". "O impacto na agricultura e na segurança alimentar promete ser extremamente alto", afirmou a ONU em um comunicado.   

A estimativa é de que quase um terço do Nepal, com 28 milhões de pessoas, foi de alguma forma afetada. Além dos mortos, outras 7,9 pessoas ficaram feridas. De acordo com o governo, porém, o total de mortos pode chegar a 10 mil.

O terremoto, de magnitude 7,8 na escala Richter, teve o epicentro a cerca de 80 quilômetros de Katmandu, e foi sentido em outros países, como a Índia, China, Bangladesh e Paquistão.

Na manhã desta terça-feira, as Nações Unidas anunciaram doações no valor de US$ 15 milhões para ajudar no resgate de vítimas e no atendimento dos afetados pelo tremor. A entidade já alerta, porém, que os recursos terão de chegar a pelo menos US$ 40 milhões apenas para atender os primeiros dias do desastre. 

Desde segunda-feira, a ONU vem realizando voos diretos entre seus centros de abastecimento e o Nepal para levar barracas e até sacos para colocar os corpos das vítimas. 

A reconstrução do país, porém, poderá custar US$ 5 bilhões. Para a consultoria IHS, isso representaria 20% do PIB de um dos países mais pobres do mundo. 

Tudo o que sabemos sobre:
Nepalterremoto no nepal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.