80% dos alemães são contra a guerra, diz pesquisa

Entre os alemães, 80% são contra uma guerra no Iraque, segundo pesquisa divulgada pela rede Rtl e a revista Stern. A sondagem foi feita pelo Institutuo Forsa e indica que apenas 18% dos alemães estão convencidos de que seu país deveria participar de um ataque americano contra o Iraque. Em contrapartida, 80% acham que o governo alemão deve continuar a se negar a participar de uma intervenção militar contra o regime de Saddam Hussein. A enquete confirmou, segundo esses números, um amplo apoio à política do atual governo alemão de centro-esquerda (social-democratas e verdes), pois até 67% dos eleitores dos partidos cristãos (democrata-cristãos e social-cristãos) se manifestaram contra a guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.