90% dos colonos judeus aceitariam retirar-se de assentamentos

Uma pesquisa patrocinada pelo movimento pacifista Paz Agora e realizada por uma equipe de professores da Universidade de Tel-Aviv mostrou que 90% dos colonos não violariam as leis israelenses em resposta a uma decisão de retirada e que 83% deles concordariam em deixar a Cisjordânia e Gaza em troca de compensações financeiras. Segundo o estudo, cujo objetivo foi verificar a disposição dos colonos judeus para serem reassentados, se os colonos pudessem escolher, 71% deles prefeririam viver onde estão hoje, enquanto 14% prefeririam mudar agora para outro lugar de Israel e 15% prefeririam mudar de imediato para outro lugar do mundo. Quanto a um possível acordo de paz entre Israel e palestinos, a pesquisa diz que 71% dos colonos acham atualmente que ele deve ser alcançado, contra 55% deles que assim pensavam em 2002. Em relação aos postos avançados não autorizados das colônias, a sondagem patrocinada pelo Paz Agora mostra que 66% dos assentados acham que eles devem ser removidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.