A caminho do Camboja, Hillary visita o Laos

Na primeira visita de um chefe da diplomacia dos EUA ao Laos desde 1955, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, conheceu ontem um homem que perdeu a vista e as mãos em virtude da explosão de uma bomba de fragmentação. Os EUA lançaram mais bombas sobre o Laos do que sobre a Alemanha e o Japão juntos na 2.ª Guerra, para destruir rotas de abastecimento para o sul vietnamita. A caminho do Camboja, a americana passou três horas no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.