Abbas afirma que jornalista sequestrado está vivo, diz BBC

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, afirmou ter evidências de que um jornalista da BBC seqüestrado em Gaza há um mês está vivo e bem, disse o diretor-geral da emissora nesta quinta-feira, 12. O repórter Alan Johnston é o jornalista estrangeiro, cuja captura não foi reivindicada por nenhum grupo terrorista, que há mais tempo está seqüestrado na Faixa de Gaza. "Ontem eu me encontrei com o presidente Abbas. Ele me disse que tem evidências seguras de que Alan está em segurança e bem", disse o diretor-geral da BBC, Mark Thompson, em uma coletiva em Ramallah, na Cisjordânia ocupada. "Ele me garantiu que as autoridades palestinas estão totalmente empenhadas no caso de Alan e estão trabalhando para resolvê-lo o mais rápido possível." Jornalistas palestinos fizeram uma greve de três dias para pressionar o governo a fazer mais para garantir a libertação de Johnston. "Esta manhã, eu apelei a todos aqueles que possam ter influência junto aos sequestradores para usar seus melhores esforços para garantir a libertação de Alan - em segurança e rápido - e garantir o retorno dele para sua família e amigos o mais rápido possível", disse Thompson.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.