Abbas convoca eleições antecipadas

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, afirmou neste sábado que decidiu convocar eleições presidenciais e parlamentares o mais rápido possível. Ele fez o anúncio em discurso transmitido ao vivo pela TV palestina. "Vamos nos voltar para a população, para ouvir o que eles têm a dizer, e deixar que eles julguem", disse."Eu irei atrás disso, e já discuti com o Comitê Eleitoral sobre a maneira mais rápida possível de começar a preparação para que isso aconteça." Apesar de não ter anunciado a data do pleito, Abbas fez uma ameaça direta ao Hamas, ao assinalar que tem autoridade para demitir o governo liderado pelo grupo islâmico a qualquer momento. "Esse é um direito constitucional. Posso fazer isso quando bem entender", afirmou.Abbas culpou o Hamas pela crise que levantou temores de uma guerra civil entre os palestinos. Depois de meses de conversas entre o Hamas e a facção Fatah, de Abbas, para a formação de um governo de união, a situação chegou a seu pior momento em uma década nos territórios palestinos. "A crise está piorando...Sem um acordo político, a segurança continuará afetada", declarou Abbas.Na sexta-feira, as forças de Abbas feriram 32 simpatizantes do Hamas em Ramallah quando dispararam contra manifestantes. Confrontos entre as duas facções também ocorreram na Faixa de Gaza.O Hamas está no poder desde as eleições de janeiro e já disse que considera qualquer pedido por eleições antecipadas como um golpe. Abbas venceu eleições separadas no começo de 2005.Matéria alterada às 10h12 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.