Abbas critica expulsão do Hamas de Jerusalém

ORIENTE MÉDIO

, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2010 | 00h00

O presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas (foto), denunciou ontem os planos de Israel de expulsar quatro políticos do Hamas de Jerusalém, alegando que tal decisão teria "consequências muito perigosas". Para Abbas, que faz parte do partido rival, o Fatah, a expulsão é inaceitável e criaria obstáculos para as negociações de paz recém retomadas entre a AP e Israel sob a mediação dos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.