Abbas diz que insistirá no reconhecimento de 'Estado observador' pela ONU

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, disse nesta segunda-feira na sede da Liga Árabe, no Cairo, que avançará com a proposta para que a ONU reconheça a Palestina como Estado observador na entidade, acrescentando que ele está pronto para começar as negociações com Israel depois disso.

Reuters

12 de novembro de 2012 | 18h57

"Tínhamos combinado de tentar uma votação em 29 de novembro... a maioria necessária para a votação estará do nosso lado", disse Abbas a repórteres.

"Se é possível começar as conversações no dia seguinte (após obter o status de observador), então estamos prontos para isso", acrescentou Abbas.

(Reportagem de Yasmine Saleh e Ayman Samir)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOABBASONU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.