Abbas diz que só retoma diálogo se Israel frear expansão

O líder da Palestina, Mahmoud Abbas, afirmou que não vai aceitar uma proposta dos Estados Unidos para retomar as negociações de paz a não ser que Israel suspenda a construção de casas para israelenses em uma área disputada no leste de Jerusalém. A posição de Abbas complicou ainda mais os esforços para retomada da paz na região. Os líderes de linha dura de Israel têm afirmado que não vão aceitar a moratória de 90 dias para as construções de casas na Cisjordânia se a proposta incluir o leste de Jerusalém.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 14h02

"Se a moratória não se aplicar a todos os territórios palestinos, incluindo o leste de Jerusalém, nós não vamos aceitá-la", afirmou Abbas no Cairo, capital do Egito, após reunião com o presidente egípcio, Hosni Mubarak. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.