Abbas e Bush terão reunião de 'despedida' na 6ª que vem

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, viajará a Washington para um "encontro de despedida" com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. O líder palestino se encontrará com Bush na Casa Branca, na sexta-feira da semana que vem, segundo seu assessor Saeb Erekat, para discutir as negociações de paz com Israel. A iminente mudança da liderança norte-americana lança dúvidas sobre o futuro das negociações de paz.Bush ajudou a relançar as negociações de paz entre os dois lados no ano passado, com o objetivo de obter um amplo acordo até o fim de 2008. No entanto, um pacto parece difícil e as conversas enfrentam um futuro incerto, no momento em que Bush deixa o poder nas mãos do presidente norte-americano eleito Barack Obama, em 20 de janeiro.Também está de saída o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, acusado de corrupção. Ele deve deixar o poder em fevereiro, após as eleições gerais em Israel. As pesquisas indicam que o favorito para o posto é o ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, líder do partido linha-dura Likud. Netanyahu rejeita importantes demandas palestinas, como a permissão do estabelecimento de uma capital palestina em Jerusalém Oriental. A eleição do conservador pode representar até mesmo a paralisação das negociações.HamasAbbas também enfrenta desafios para se manter no poder. Seus rivais do Hamas, que controlam a Faixa de Gaza, dizem que o mandato dele acaba em 9 de janeiro. Porém, Abbas sustenta que as leis palestinas permitem que ele permaneça no poder até o início de 2010, quando pretende sair. O Hamas sinalizou que substituirá Abbas por um aliado após 9 de janeiro, o que representaria outro rompimento simbólico entre Gaza, sob o poder do Hamas, e a Cisjordânia, controlada pelo Fatah de Abbas e que tem o apoio do Ocidente. Uma nova pesquisa mostra que a maioria dos palestinos afirma que o mandato de Abbas não deve ser prorrogado. O apoio ao presidente pode cair, caso ele decida ficar no cargo.

AE-AP, Agencia Estado

12 de dezembro de 2008 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.