Abbas nega que disputará reeleição, dizem assessores

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse a aliados que não buscará a reeleição no pleito marcado para janeiro nos territórios palestinos, disseram dois assessores do político. De acordo com as fontes, Abbas fará um discurso ainda hoje para explicar sua desistência de um novo mandato: ele está frustrado com a paralisação das negociações de paz com Israel. Abbas já havia ameaçado antes não concorrer à reeleição, mas esta é a primeira vez que assessores confirmam tal decisão.

AE-AP, Agencia Estado

05 Novembro 2009 | 13h02

O líder palestino recebeu hoje telefonemas do rei Abdullah II, da Jordânia, e dos presidentes de Israel, Shimon Peres, e do Egito, Hosni Mubarak. Todos teriam pedido a ele que reconsiderasse a decisão, concluíram as fontes, que não deixaram claro se haveria a possibilidade de ele mudar de ideia.

Mais conteúdo sobre:
Palestina Abbas reeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.