Abbas ordena prisão de responsáveis pelo ataque

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, condenou neste domingo o ataque de homens armados contra uma base da guarda presidencial, no qual um oficial morreu e outros cinco ficaram feridos, e ordenou a prisão dos responsáveis.O porta-voz de Abbas, Nabil Abu Rudeina, disse na sede do governo em Ramala que o presidente ordenou que o incidente, que ocorreu na madrugada deste domingo, seja investigado e que seus responsáveis sejam julgados.Segundo fontes da segurança palestina, os agressores, que também incendiaram algumas tendas de campanha da base, eram provavelmente milicianos do Hamas, embora porta-vozes do grupo tenham desmentido tal informação.O oficial morto, Mahmoud Ismail, de 23 anos, pertencia à Força 17, um corpo de elite, e à guarda que protege o presidente. Devido à grande tensão que paira sobre a Faixa de Gaza desde que Abbas anunciou no último sábado sua intenção de antecipar as eleições nos territórios palestinos, as ruas da cidade amanheceram quase desertas neste domingo, pois muitos pais não mandaram seus filhos à escola e as lojas atendiam com as portas entreabertas.No campo de refugiados de El Bureij, um estudante e um idoso ficaram feridos pela manhã ao ficarem presos no meio de um tiroteio entre milicianos do Hamas e do Fatah, informaram fontes policiais.Além disso, dezenas de membros das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, ligadas ao Fatah, e outros grupos, invadiram os ministérios de Agricultura e de Transportes, a cargo do Governo do primeiro-ministro Ismail Haniyeh, do Hamas, e subiram no telhado de ambos os edifícios, junto à residência e ao escritório de Abbas.Paralelamente, ativistas do Hamas abriram uma grande tenda de campanha em frente à sede do Conselho Legislativo na cidade de Gaza para receber as pessoas que apóiam o movimento fundamentalista islâmico em sua oposição à antecipação das eleições, anunciada por Abbas no último sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.