Abbas pede que Quarteto intervenha para deter operação em Gaza

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, pediu nesta quarta-feira a intervenção dos Estados Unidos, da União Européia, da ONU e da Rússia, que integram o Quarteto para o Oriente Médio, para que detenham a operação militar israelense contra a Faixa de Gaza.Ao término do dia mais sangrento desde que teve início a operação do Estado judeu, e que registrou pelo menos a morte de 24 palestinos, entre eles um casal e seus sete filhos, Abbas emitiu um comunicado pedindo intervenção internacional."É preciso dar uma oportunidade aos esforços diplomáticos. A ofensiva militar nunca resolverá o problema, só complicará a situação", reiterou Abbas ao Quarteto.A atual escalada da violência "jamais acabará com a determinação do povo palestino", advertiu.Abbas concluiu dizendo que "este novo crime contra o povo requer uma intervenção internacional. Pedimos que os palestinos possam ser protegidos, para enfrentar diariamente a destruição em todos os setores de suas vidas".O Executivo israelense deu instruções na noite de terça-feira para que o Exército avance posições na Faixa de Gaza, onde nas últimas duas semanas operam ao norte e ao sul forças terrestres blindadas.A operação realizada por Israel, denominada de "Chuvas de Verão", começou pouco depois do seqüestro do soldado Guilad Shalit, que se encontra preso desde 25 de junho quando foi capturado por militantes palestinos, entre eles membros do braço armado do Hamas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.