Abbas quer se reunir com parlamentares de Israel

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, quer se reunir com os membros recém-eleitos do Parlamento de Israel para apresentar suas visões sobre paz, na esperança de que o aumento no número de políticos de centro na Casa fornecerá uma abertura para a retomada das negociações sobre o Estado Palestino congeladas há muito tempo, afirmou um conselheiro.

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2013 | 10h01

O principal alvo de Abbas é Yair Lapid, líder do Yesh Atid, que emergiu nas eleições realizadas nesta semana em Israel como o segundo maior partido com 19 das 120 cadeiras no Parlamento, depois do bloco de direita liderado por Likud-Israel Beiteinu, do primeiro-mnistro Benjamin Netanyahu, com 31 cadeiras. Após o voto, Netanyahu manteve seu posto, mas terá de trazer outros partidos para seu governo se quiser obter uma maioria parlamentar, e a facção de Lapid é vista como essencial para qualquer coalizão estável. Espera-se que ele tenha influência no estabelecimentos das prioridades do próximo governo.

Lapid afirmou que deseja que Israel faça um sério um esforço na direção da paz, embora não esteja

claro até onde ele irá pressionará sobre a questão nas negociações de coalizão com o primeiro-

ministro, Benjamin Netanyahu. Em recentes aparições públicas, ele mal tocou no assunto, concentrando-se em preocupações econômicas domésticas.

Netanyahu e Lapid se reuniram na quinta-feira, dois dias depois das eleições, embora as negociações formais sobre a coalizão estejam previstas para começar apenas na próxima semana, e podem durar até seis semanas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinaAbbasIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.